“Estou preparada para governar o Parana”, Cida Borghetti

Vice-governadora do Paraná e pré-candidata ao governo do Estado, Cida Borghetti (Progressistas) faz um balanço de 2017 e dos avanços do Paraná nos últimos anos. Fala sobre o cenário eleitoral para 2018 e de ter assumido o comando do Governo já em abril, no lugar do governador Beto Richa (PSDB) que vai disputar a eleição para o Senado.

Qual o balanço das ações à frente da vice-governadoria?

Primeiro, agradecer a confiança do governador Beto Richa e da população paranaense. É uma honra ter a oportunidade de trabalhar pelo nosso povo. Sou a responsável pelo relacionamento do Paraná em Brasília e estamos consolidando recursos que vão gerar empregos e renda, reduzir o custo transporte para o nosso setor produtivo e mudar, para melhor, a vida de muita gente. Avançamos também com a revitalização do Rio Iguaçu, o nosso rio mais importante. Nos últimos dias de 2017 assinamos a liberação de R$ 10 milhões para a prefeitura de Curitiba despoluir o rio Belém, totalmente urbano e um dos principais afluentes do Rio Iguaçu. Ampliamos o alcance das campanhas de alerta contra a violência doméstica e a exploração sexual de crianças e adolescentes. O número de denúncias através do Disque 100 e do Disque 181 aumentaram em 200 %. Avançamos também com um novo mamógrafo digital para Curitiba e a inauguração do de Cascavel, além da ampliação de diversas alas do HU da Unioeste.

A senhora foi a primeira mulher a assumir efetivamente o cargo de governadora. Qual a sua expectativa?

Eu estou tranquila e preparada para o possível desafio. Estou disposta a ampliar o meu trabalho pelo Paraná. Sou empresária, formada em administração pública com especialização em políticas públicas. Construí uma carreira defendendo a saúde preventiva das mulheres, a proteção às crianças, às famílias e o fortalecimento dos municípios. Fiz diversos cursos, entre eles o de liderança executiva em desenvolvimento da Primeira Infância da Universidade de Harvard.

O seu partido já confirmou a senhora com uma das pré-candidatas ao Governo no ano que vem, como está o cenário?

Trabalhamos para manter e ampliar a aliança vencedora que deu suporte ao governador Beto Richa nas eleições de 2010 e 2014. Um grupo que vem trabalhando muito bem pelo Paraná. Os avanços estão aí e são visíveis: o Porto de Paranaguá bate recordes de eficiência todos os meses; com o Família Paranaense somos um dos Estados que mais reduziu a pobreza no país; o Estado que mais aplica recursos por habitante em saúde e com o Mãe Paranaense estamos com a menor mortalidade infantil da história. Reduzimos índices de criminalidade, contratamos policiais e compramos equipamentos. Investimos maciçamente em Educação. A Copel e a Sanepar se destacam internacionalmente e o Paraná Competitivo consolidou mais de R$ 43 bilhões em novos investimentos.

O que se pode esperar da Cida Borghetti governadora?

Uma gestão articulada e participativa. Não irei administrar sozinha. Farei consultas a lideranças políticas, do agronegócio, do meio empresarial. Ouvirei representantes de federações, associações e sindicatos. Do setor produtivo aos trabalhadores. Todos terão voz e participação.

Aliás, pertenço a um grupo político que tem como marca a eficiência na gestão, uma política de resultados. Buscarei as boas práticas de administrações municipais progressistas. Modelos de realizações, por exemplo, em Maringá, que saiu de um cenário muito difícil com um déficit de R$ 40 milhões no início dos anos 2000, equivalente hoje a mais de R$ 200 milhões, e se tornou, ano após ano, uma das melhores cidades do Brasil para se viver. As experiências em Toledo, o maior PIB agropecuário do Estado e em Londrina, a segunda maior cidade do Paraná.

E quais são as prioridades?

Precisamos continuar os avanços das políticas implementadas desde 2011. A parceria com as prefeituras e o desafio de uma gestão eficiente com a boa aplicação do dinheiro dos contribuintes. Temos que ampliar o apoio aos empreendedores; acelerar obras importantes de infraestrutura para reduzir os custos de transporte do setor produtivo e do agronegócio, deixar mais dinheiro no bolso do produtor; consolidar o condomínio portuário de Pontal do Paraná e preparar a licitação do pedágio para reduzir as tarifas e executar mais obras. Um debate em que será imprescindível a participação da população e de todo o setor produtivo. 

Tenho também as bandeiras que carrego comigo ao longo de toda a minha trajetória: a saúde preventiva e a defesa da mulher, da criança, do adolescente e dos idosos. O grande desafio é preparar uma nova geração para o futuro, e preparar uma geração para o futuro passa pelo investimento maciço na primeira infância. Uma política integrada unindo educação, saúde, nutrição, cultura, segurança e direitos humanos.  Dar a oportunidade para que as nossas crianças possam ser cidadãos mais preparados.

BOX

Quem é Cida Borghetti:

Empresária, formada em administração pública com especialização em políticas públicas. Foi deputada estadual e deputada federal. É uma das principais referências no Brasil nos temas saúde preventiva e direitos das mulheres e crianças.

Presidiu a Comissão Especial que redigiu o Marco Legal da Primeira Infância, a legislação mais avançada no mundo na proteção e direitos das crianças. Cursou o programa de liderança executiva em Desenvolvimento da Primeira Infância na Universidade de Harvard.

Cargos:

Presidente Voluntária do Provopar de Maringá

Chefe do Escritório de Representação do Paraná em Brasília

Deputada Estadual por dois mandatos, mais de 100 leis aprovadas e sancionadas

Deputada Federal, foi presidente da comissão que aprovou o Marco Legal da Primeira Infância

Vice-governadora do Estado do Paraná, eleita com 3,3 milhões de votos

“Estou preparada para governar o Parana”, Cida Borghetti